Arquivo do autor:Marcus Pessoa

Sobre Marcus Pessoa

Alguém em busca de mais vida offline.

Vestido e armado com as tuas armas

(republicado) Jorge de Anicii, o Cavaleiro de Cristo, descansa permanentemente em lugar de honra na minha mesa de trabalho, com sua pose mais gloriosa. Dona Amparo, sabendo-me devoto do santo, e tendo conhecimento de que o devoto não deve comprar … Continuar lendo

Publicado em Uncategorized | 2 Comentários

Por ele mesmo

  (republicado) “as pessoas vêm me procurar, ficam falando, torrando a paciência: os futuros rabinos, os revolucionários com seus fuzis, o FBI, as puras, as poetisas, os jovens poetas da Estadual da Califórnia, um profe de Loyola a caminho de … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , , , | Deixe um comentário

Sinais de vida inteligente… na Terra

(republicado) O caso dos círculos nos campos de trigo da Inglaterra é hoje bastante conhecido. Todo mundo já ouviu falar nos estranhos desenhos, com formas complexas e que só podem ser vistas de cima. Talvez por serem muito numerosos — … Continuar lendo

Publicado em Arte | Marcado com , , , , , , | Deixe um comentário

A vida, por um jovem

(republicado) “Os Sofrimentos do Jovem Werther”, de J. W. Goethe, é um belo romance e foi um sopro de lirismo e amor pela vida que me pegou desprevenido em um determinado momento em que eu estava precisando muito disso. O … Continuar lendo

Publicado em Literatura | Marcado com , , , | Deixe um comentário

O suave bater de suas poderosas asas…

(republicado) Alguém pergunta, perplexo com a morte do jogador no meio da partida: Então é isso a morte? Num segundo você está bem, no meio de uma partida de futebol, e de repente estremece, tomba e está morto? E eu … Continuar lendo

Publicado em Quadrinhos | Marcado com , | Deixe um comentário

Planet Hemp – Samba Makossa

(publicado originalmente em meu site pessoal MuzikaZipada, em 1º de agosto de 1999) “Samba Makossa” foi lançada originalmente no primeiro disco de Chico Science e Nação Zumbi, “Da Lama ao Caos”. Após a morte de Chico, o Planet Hemp fez … Continuar lendo

Publicado em Música | Marcado com , , , | Deixe um comentário

Publique-se a lenda

Belém, 1986. A Legião Urbana era a maior banda de rock do Brasil. Seu segundo disco enfileirava hits nas rádios: “Tempo Perdido”, “Eduardo e Mônica”, “Quase Sem Querer”, “Índios”… Eu, adolescente sem grana, aguardava ansiosamente o final do mês, quando … Continuar lendo

Publicado em Música, Reminiscências | 9 Comentários